Global Learning for Sense of Belonging – Portugal

O projeto GloBe (2021 – 2023) reúne, de uma forma singular, as noções de “liderança pedagógica e partilhada”, de “ensino colaborativo”, de “Educação para a Cidadania Global”, cruzando-as com a Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. 

O projeto GloBe, Global Learning for Sense of Belonging, destina-se a pessoas que desempenham cargos de liderança e/ou coordenação em educação e professores/as, atores-chave no desenvolvimento e no reforço de competências das suas próprias instituições. É um projeto de colaboração internacional implementado por organizações da sociedade civil e instituições de ensino superior na Finlândia, em Portugal e na Roménia, que pretende promover o bem-estar humano e a inclusão social dentro e fora do ambiente escolar, enriquecendo o sentido de pertença de cada pessoa.  

Os objetivos do GloBe são: 

  • aprofundar o contexto de trabalho quotidiano de pessoas que desempenham cargos de liderança e/ou coordenação em escolas, no sentido de uma liderança pedagógica e partilhada; 

  • desenvolver as competências profissionais de partilha e de ensino colaborativo entre  professores e professoras, no sentido de ultrapassar as fronteiras curriculares e de níveis de ensino nas escolas; 

  • introduzir novas metodologias de aprendizagem em temáticas ligadas à Educação para a Cidadania Global e do Desenvolvimento Sustentável, para envolver ativamente os/as alunos/as na construção do seu futuro.  

Promover a compreensão do mundo, num contexto interdependente 

O GloBe incentiva a ultrapassar as fronteiras dos níveis de ensino e das disciplinas. Promove a consciencialização sobre temas abrangentes e complexos como a Igualdade e a Equidade, os Direitos Humanos, a Cidadania Ativa, as Questões Ambientais e Consumo Sustentável, os quais se manifestam de forma diferente, no entanto semelhante, quer a nível local quer a nível mundial. O projeto visa potenciar o diálogo entre prática, investigação e política, estabelecendo uma ponte entre atores políticos (a nível internacional, nacional e local), investigadores/as e especialistas em liderança educativa e Educação para a Cidadania Global, organizações da sociedade civil bem como diretores/as, professores/as e alunos/as. 

O processo pedagógico 

No centro do projeto GloBe encontra-se um processo pedagógico, composto por cinco momentos formativos, os quais decorrem ao longo de um semestre: 

  • o primeiro toma forma num seminário internacional residencial 
  • a segunda decorre na escola de cada participante, em cada um dos três países parceiros;
  • a terceira formação é um webinário envolvendo participantes dos três países; 
  • a quarta volta a ter lugar na escola de cada participante, em formato de evento aberto à comunidade; ​
  • o quinto encerra a formação novamente num seminário internacional residencial. 

 

Este processo formativo decorrerá em três rondas, com três grupos de pessoas distintas. Em cada ronda participarão 18 pessoas vindas dos três países do projeto. Cada país participará com dois grupos de 3 pessoas – uma pessoa de um cargo de coordenação ou da direção e dois/duas professores/as da mesma escola – que se apoiarão mutuamente.  No total, irão ser formados/as 54 profissionais (3 rondas vezes 18 participantes).

O primeiro grupo terá início em fevereiro de 2022 e terminará em junho de 2022.​ 

O segundo grupo terá início em junho de 2022 e terminará em janeiro de 2023.

A formação decorrerá em formato “cascata”, sendo que os e as participantes dos grupos anteriores serão mentores e mentoras dos novos elementos. 

step_1_white

ToP 1: À procura de ideias inspiradoras 

Um seminário de cinco dias composto por sessões teóricas e atividades de grupo participativas.

Temas principais do seminário:

  • Liderança pedagógica e partilhada
  • Ensino colaborativo
  • Alterações climáticas – causas e consequências a nível global;
  • Agenda 2030 e os ODS

 

Tarefas de preparação divididas em duas partes: Leituras que consideram os temas principais do projeto e Uma redação de reflexão sobre o seu trabalho: o que os faz felizes e entusiasmados, e o que os motiva e inspira?​ A tarefa de preparação é utilizada no seminário em atividades de grupo e cria uma base para os IO1​. As tarefas incentivam os/as participantes a refletir sobre o valor e a relevância do seu trabalho e a melhorar o seu pensamento pedagógico tanto horizontal como dialógico. Estes são igualmente desafiados a contemplar questões e temas futuros complexos. ​

Produção de dados para que as equipas de investigação do projeto possam analisar o crescimento profissional dos/das participantes.

Top 2: Levar as ideias para as escolas

Envolver toda a comunidade escolar, sobretudo os/as alunos/as, para a cocriação e planeamento conjunto do Dia Temático em torno do(s) tema(s) selecionado(s) no âmbito da Educação para a Cidadania Global e do desenvolvimento sustentável. A principal responsabilidade sobre o processo recairá sobre os diretores/as e professores/as. Como resultado:

  • As escolas desenvolverão o programa para o Dia Temático
  • Os alunos e alunas desenvolverão as primeiras versões dos seus portefólios
  • Os diretores/as e professores/as elaborarão diários de aprendizagem reflexivos sobre o processo (liderança partilhada e abordagens dialógicas) e programas (quais os ODS e/ou temas que interessam às escolas).

Produção de dados para que as equipas de investigação do projeto possam analisar a cocriação e planeamento conjunto com os alunos e as alunas.

ToP 3: Testar e lançar novas ideias

Este 3.º momento é essencial para todo o processo pedagógico: o objetivo primordial é implementar as ideias. O Dia Temático para celebrar temáticas de Educação para a Cidadania Global e um futuro de desenvolvimento global e sustentável.​ Recorre a abordagens horizontais e dialógicas, trabalhadas desde o seminário inicial, e desenvolvidas posteriormente durante os momentos formativos nas escolas e no webinário.​ Fornece evidências para diretores/as, coordenadores/as e professores/as sobre as suas competências profissionais em torno dos temas centrais da formação e em criar ideias inspiradoras.​ Os/As participantes irão elaborar um diário de aprendizagem reflexivo sobre o Dia Temático e sobre o seu processo de desenvolvimento profissional. ​

O Dia Temático para celebrar temáticas de Educação para a Cidadania Global e um futuro de desenvolvimento global e sustentável.

ToP 4: O dia temático

O 4.º momento formativo tem a forma de um webinário, que tem como objetivo a partilha das ideias que foram desenvolvidas nas escolas durante a fase anterior. É aberto à participação de outros membros das escolas – pessoal docente e não docente – a fim de criar espaço para o apoio entre pares e para o diálogo horizontal. Após o apoio e avaliação entre pares (“amigo crítico”) e sob o ponto de vista do desenvolvimento profissional, os diretores/as e professores/as serão capazes de aprofundar a sua abordagem reflexiva para analisar o seu trabalho diário e as suas identidades profissionais a partir de um:

  • ponto de vista pedagógico e de liderança partilhada
  • ponto de vista de ensino colaborativo
  • ponto de vista de diálogo horizontal
  • ambiente de trabalho e aprendizagem através das lentes do futuro sustentável.

Tal como nos momentos anteriores, esta fase também irá produzir dados para que as equipas de investigação do projeto possam analisar os processos pedagógicos e as questões globais. 

 

ToP 5: Partilha de ideias e reflexão final

Fase final de encerramento do processo reflexivo de aprendizagem. É composta por tarefas de preparação e um seminário internacional de três dias.

A tarefa de preparação consiste na finalização dos portefólios profissionais dos/as próprios/as diretores/as, coordenadores/as e professores/as.

O seminário engloba reflexão, apresentações por parte dos/das participantes, discussões em grupo, atividades, palestras e comentários dos/as especialistas do projeto.

A formação é também o momento em que o segundo grupo começa o seu processo de cinco fases e marca o  início do processo de mentoria.

Parceiros em Finlândia

RKI:n työntekijät Riikka Jalonen, Mari-Anne Okkolin, Elina Lauttamäki ja Heli Pekkonen hymyilevät kameralle puistossa.

Mari-Anne Okkolin, Elina Lauttamäki, Riikka Jalonen, Heli Pekkonen

Anu Railasto-Moran hymyilee kameralle.

Anu Railasto-Moran

Rauhankasvatusinstituutti (RKI)

O Peace Education Institute (PEI) é a organização coordenadora do projeto. É nossa missão zelar pelo bom funcionamento do mesmo. Dispomos de vastos conhecimentos sobre os temas centrais do projeto e contamos com uma sólida experiência na formação de professores/as e no trabalho em prol de uma sociedade mais pacífica através de atividades educativas. Para além das responsabilidades de coordenação, contribuiremos substancialmente para todas as atividades e resultados do GloBe. 

Elina Lehtomäki hymyilee kameralle

Elina Lehtomäki

Audrey Paradis hymyilee kameralle nojatessaan puuhun

Aurdey Paradis

University of Oulu  (UOULU)

A UOULU contribui para o GloBe com resultados de investigação em matéria de Educação e Aprendizagem Global, baseando-se em investigações tanto na Finlândia como a nível internacional. Os e as estudantes da UOULU que frequentam cursos de Educação Global organizam eventos internacionais de aprendizagem para os quais os parceiros do projeto estão convidados. Na qualidade de estagiários/as, os/as estudantes serão envolvido/as no projeto e realizarão estudos relacionados com os temas principais. 

Mikael Risku hymyilee kameralle.

Mikael Risku

Marja Pietiläinen hymyilee kameralle.

Marja Pietiläinen

University of Jyväskylä (JYU)

A Universidade de Jyväskylä (JYU) e o Institute of Educational Leadership (IEL) contribuirão para o GloBe com a sua experiência singular no trabalho de investigação e desenvolvimento em liderança educativa e na aprendizagem colaborativa entre professores/as na Finlândia e a nível internacional. Atualmente, o IEL trabalha, por exemplo, no sentido de estabelecer um modelo nacional de qualificação e educação em funções em matéria de liderança educativa. Além disso, o GloBe irá beneficiar da rede de mentores entre pares do IEL. 

Parceiros em Portugal

LaSalete hymyilee kameralle nojatessaan puuta vasten.

Luísa Neves

Luisa hymyilee kameralle.

La Salete Coelho

Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC)

Nós somos a equipa de coordenação do GloBe na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, uma cidade encantadora situada no Norte de Portugal. Trazemos para este projeto a experiência de trabalhar com futuros professores/as, professores/as e escolas na procura de abordagens educativas que desenvolvam um sentido de Cidadania Global, participativa e comprometida com a mudança social, que nos conduza a um mundo mais justo e sustentável! 

Jorge Cardoso seisoo liitutaulun edessä ja hymyilee kameralle.

Jorge Cardoso

Hugo Marques hymyilee kameralle.

Hugo Marques

Isabel Lacerda hymyilee kameralle.

Isabel Lacerda

Fundação Gonçalo da Silveira (FGS)

A FGS contribui para o projeto GloBe a partir da sua experiência consolidada no trabalho colaborativo com escolas e educadores/as em processos de Cidadania Global e Educação para o Desenvolvimento. Na qualidade de Organização da Sociedade Civil, contribui também com experiência na promoção do conhecimento coletivo para o bem-estar e o bem comum, com diferentes organizações incluindo a academia.  

Parceiros em Romênia

Globe Ovidiu hymyilee kameralle metsäisellä taustalla.

Ovidiu Gavrilovici

Ligia Boca hymyilee kameralle.

Ligia Boga 

Universitatea Alexandru Ioan Cuza Din Iași (UAIC) 

A UAIC é a instituição de ensino superior mais antiga da Roménia. Conta com um elevado prestígio a nível nacional e internacional e coopera com várias redes e associações universitárias. A equipa da UAIC contribuirá para o GloBe com experiência e conhecimentos especializados na gestão de projetos, particularmente nos domínios do aconselhamento psicológico e da liderança educativa.

Dana hymyilee kameralle.

Dana Dolghin

Kai Brand-Jacobsen seisoo puku päällä kameran edessä hymyillen.

Kai Brand-Jacobsen

Peace Action, Training & Research Institute of Romania (PATRIR)

O PATRIR acredita firmemente no valor e na importância da Educação Global na sala de aula. Na qualidade de Instituto, contribuiremos com a nossa experiência de trabalho na área, promovendo a Educação para a Paz nas escolas e trabalhando com “Mesas redondas” em Cluj, onde reunimos escolas, elementos da direção-geral da educação, organizações da sociedade civil e outros atores, trabalhando em conjunto para impulsionar e melhorar a qualidade da educação para todas as nossas crianças. 

Erasmus+

The project is funded by Erasmus+